Verdão fatura 4 taças no Metropolitano

É campeão! Verdão fatura quatro taças no Metropolitano de Futsal e domina premiação

Não teve para ninguém. Na tarde deste sábado (11), o futsal do Palmeiras faturou todas as finais que disputou e confirmou a grande fase do clube na modalidade. Detentor da melhor esquadra de São Paulo no ranking geral da Federação Paulista de Futsal, três das quatro taças palestrinas foram conquistadas de maneira invicta – Sub-14, 16 e 17.

No primeiro confronto do dia, aperto da equipe Sub-14 diante do Corinthians e conquista do título invicto após empate nos últimos segundos de jogo. Pelo Sub-10, vitória tranquila diante do G.R. Barueri e mais uma taça garantida ao Palestra. Minutos mais tarde, foi a vez do Sub-16 golear o Taboão da Serra e soltar o grito, enquanto o Sub-17 encerrou a tarde vitoriosa do Alviverde com chave de ouro: goleada sobre o Corinthians e o bicampeonato em cima do maior rival.

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação 

Com um empate e uma vitória, a equipe Sub-10 bateu o G.R.Barueri e faturou o caneco

Confira abaixo as resenhas das partidas que levaram o futsal alviverde aos quatro troféus do Metropolitano:

Sub-14

Como de praxe, o dérbi paulista no futsal começou disputado e, na primeira parte da decisão, equilíbrio e muita disposição de ambas as equipes, mas nenhum gol. Com todos os jogadores trocados para a segunda etapa, o Verdão voltou melhor e, em belíssimo passe de calcanhar de João Paulo, Caique Barbosa, artilheiro do Palmeiras no campeonato, estufou as redes do arqueiro alvinegro e abriu o placar do Ginásio Ciro II.

O adversário diminuiu ao final do período e, no terceiro e último tempo, chegou à virada no placar. Apesar do golpe, a equipe palestrina não se abateu: de tanto pressionar o Corinthians no campo de defesa, o empate veio dos pés de Caique, que soltou a bomba no ângulo e marcou seu segundo gol na partida.

O tento colocou a taça novamente no Palestra, mas o adversário veio para cima e chegou ao terceiro gol. A tensão tomou conta dos palmeirenses presentes no ginásio até os últimos segundos do duelo, e o treinador Alemão resolveu arriscar com o goleiro linha. E a estratégia deu certo: dos pés do arqueiro, a bola rondou a área corinthiana e chegou até Caique, que marcou seu 16º gol na competição e explodiu as arquibancadas do Ciro II em festa: Palmeiras campeão invicto sobre o maior rival!

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação 

Invictos, os garotos do Sub-14 empataram em 3 a 3 com o Corinthians no último ataque do jogo

Sub-10

Na dependência de uma vitória simples, os pequenos alviverdes marcaram pressão em cima do Barueri desde os primeiros minutos de jogo e encerraram o período inicial com 2 a 0 no placar, em belos gols de Leandro Parmigiani e Samuel. Na etapa seguinte, o adversário chegou a diminuir, mas Breno, de falta, mandou no ângulo e marcou o terceiro para o Verdão: golaço!

A superioridade palestrina se confirmou ao longo do último tempo. João Gabriel fez o quarto logo no início, e, apesar do gol adversário logo em seguida, o placar do Ciro II anunciava a comemoração e a torcida entoava o coro ao time Sub-10: “É campeão!”.

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação 

Com apenas um revés no torneio, o Sub-10 do Verdão fez uma das melhores campanhas da história

 

Sub-16

Com a vantagem da vitória conquistada na primeira partida, o Sub-16 do Verdão entrou em quadra disposto a fechar com chave de ouro a campanha impecável no torneio: logo no primeiro minuto de jogo, Lucas abriu o placar para o Palmeiras e levou a torcida alviverde mais uma vez ao delírio no Ciro II.

A equipe de Taboão da Serra reagiu e virou o placar em rápidas tramas pela ponta da quadra. A situação ficou mais complicada ao Verdão quando o adversário rubro-negro chegou ao terceiro gol logo no início da etapa final.

No entanto, o adversário do Taboão é dono da melhor campanha do torneio e não se deixou abater. Aos 22 minutos de jogo, Daivison fez o segundo, e, quatorze segundos depois, Alisson, em belo chute cruzado, empatou a partida e colocou o Verdão no páreo novamente. Abatido, o rubro-negro sentiu o baque e permitiu espaços para a criação dos ataques alviverdes. Aos 26 minutos, em bola rebatida pelo adversário, Fernando virou o placar e deixou a arquibancada verde em êxtase.

Em desvantagem, o Taboão tentou o goleiro linha. Sem sucesso: aos 27, com o gol livre, Rafael Elias, artilheiro do torneio, fez o quinto. Em seguida, Victor Guimarães ampliou. Ainda restou tempo para o Verdão inspirar a Alemanha dentro de quadra: aos 28, Lucas fez o sétimo, e Rafael Elias, de cobertura, marcou o oitavo, seu 30º gol no Metropolitano e encerrou o passeio alviverde no ginásio da Federação Paulista de Futsal. Terceiro caneco do Alviverde – o segundo invicto – na tarde das finais!

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação 

Artilheiro da competição com 30 gols, Rafael Elias comemora o título com os companheiros do Sub-16

 

Sub-17

Para encerrar a tarde de grandes jogos no Ciro II, nada como mais um dérbi entre Palmeiras e Corinthians. Desta vez, os garotos da faixa dos 17 anos se enfrentaram, e o Verdão saiu na frente do rival logo aos dois minutos de partida, em bela cobrança de falta de Fernando. Três minutos depois, a equipe palestrina mostrou que o Alvinegro não teria vida fácil para tentar tirar o bicampeonato Metropolitano do Palestra Italia: aos 5 minutos, em contra-ataque veloz, Fernando serviu Matheus Reis, que usou a cabeça e ampliou o placar.

Absoluto na partida, o Palmeiras neutralizava os ataques adversários e levava maior perigo nos golpes ofensivos. Além disso, o Verdão contava com a partida inspirada de Fernando: aos 13 minutos, o camisa 10 palmeirense tabelou com Matheus Reis e marcou o terceiro do Alviverde – seu segundo no duelo.

Já na segunda etapa, a esquadra alviverde tirou o pé do acelerador e cadenciou a vantagem conquistada na primeira parte. Mesmo com a pontaria calibrada no ataque, a parte defensiva palmeirense tinha um nome a ser destacado: Kelvin. Gigante, o arqueiro fechou o gol para o Verdão diante dos corinthianos. Aos gritos de “olé”, o Palestra desenhou a goleada diante do Alvinegro: Fernando, aos 26, Marlon, aos 30, e Caique, aos 32, esticaram o placar no Ciro II.

Apesar do rival diminuir em cobrança de tiro livre, o Palmeiras, no segundo jogo seguido, resolveu “imitar” o desempenho alemão na semifinal da Copa de 2014: Gabriel Mancini, artilheiro do torneio com 19 gols, marcou o sétimo. No fim, os alvinegros diminuíram a diferença para três gols, mas a celebração era palestrina. Virou passeio. Virou festa. Virou bicampeonato para o ataque dos 100 gols!

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação 

Dono do ataque dos 108 gols, o Sub-17 faturou o bicampeonato do torneio paulista

 

Confira os resultados que levaram o Verdão aos títulos da competição:

Sub-10: G.R. Barueri 2 x 2 Palmeiras – Ginásio FPFS Ciro II
Sub-10: Palmeiras 4 x 2 G.R. Barueri – Ginásio FPFS Ciro II

Sub-14: Corinthians 3 x 6 Palmeiras – Ginásio FPFS Ciro II
Sub-14: Palmeiras 3 x 3 Corinthians – Ginásio FPFS Ciro II

Sub-16: C.A. Taboão da Serra 1 x 5 Palmeiras – Ginásio FPFS Ciro II
Sub-16: Palmeiras 8 x 3 C.A. Taboão da Serra – Ginásio FPFS Ciro II

Sub-17: Palmeiras 3 x 1 Corinthians – Ginásio FPFS Ciro II
Sub-17: Corinthians 4 x 7 Palmeiras – Ginásio FPFS Ciro II

fonte: Palmeiras

www.advocaciaripper.com.br

Inscreva-se no FutsalMenores e fique por dentro de todas as novidades dos nossos vídeos!

inscreva-se aqui

Curta nossa página no facebook: facebook futsalmenores
Siga-nos no twitter: siga-nos
Siga-nos no Google+: entre e compartilhe
Veja nossas fotos no instagram: curta nossas fotos
Inscreva-se agora e não perca mais nenhum vídeo! www.youtube.com/futsalmenores

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password